EspecialTeatro

Projeto Performer Lab dialoga com as redes sociais

Visagem” é o novo trabalho de Gustavo Araújo e faz parte do projeto Performer Lab, que une teatro, performance, fotografia e audiovisual. No dia 14 de novembro, três novos vídeos serão disponibilizados para o público.

Na próxima etapa do Projeto “Performer Lab”, a proposta da direção trabalha com as memórias e os rastros que certas coisas deixam como marca de sua presença. O rastro contém em si as noções cicatrizes de filiação, de aliança, de poder da palavra e da necessidade de narração. Através de vídeos curtos, o público poderá conhecer o processo de preparação de um ator para a cena e versões cênicas feitas para o palco de um teatro e, também, para ambiente externo.

Nesta fase da ação, três vídeos serão disponibilizados ao púbico: Rastros, memórias e processo criativo, A Moça Caetana – A Morte Sertaneja e A Morte – O Sol do Terrível. Além disso, o público poderá conferir fotosperformances que complementam o projeto no instagram @performerlab. É nas redes sociais que são revelados os bastidores do processo de construção cênica, além de provocações artísticas por meio de imagens e vídeos.

A provocação presente no trabalho foi no sentido de revisitar a memória corporal e as lembranças do espetáculo “Presépio de Hilaridades Humanas”, que completa, neste ano, 20 anos de estreia.

“Presépio de Hilaridades Humanas” nasceu 2001 na Universidade de Brasília, fruto da disciplina de Introdução à Direção do curso de Artes Cênicas. O texto é uma adaptação do último ato da peça “A Pena e a Lei” e mais 5 sonetos, todos do Ariano Suassuna. A montagem foi concebida pelas diretoras Bárbara Tavares e Caísa Tibúrcio, com texto de Marcus Vinícius e trilha sonora de Daniel Santiago. A adaptação narra a saga de sete personagens típicos de Suassuna que se descobrem mortos diante do julgamento de Deus e da Morte.

A PROPOSTA

“Performer Lab” é um laboratório de experimentos cênicos e performativos solos  registrados por uma câmera, baseado em uma dramaturgia ou não, sob uma direção de artistas convidados e um roteiro criado de forma colaborativa, em determinado tempo e locação. Dessa interação de elementos, surgem os processos criativos que abrangem narrativas documentais, bem como narrativas ficcionais fruto de diálogos estabelecidos entre linguagens: audiovisual, fotografia, performance e teatro.

O grande trunfo do projeto é revelar ao público como são construídas as cenas, desde o processo preparatório ao produto final em si. No caso da etapa “Visagem”, serão disponibilizados três vídeos que complementam a narrativa, revisitando a obra de Ariano Suassuna. A cada nova etapa, novos vídeos e fotos serão abertos ao público.

O CRIADOR

Gustavo Araújo é artista e agente cultural atuante criativamente em diversos segmentos, principalmente no audiovisual e nas artes cênicas. Ao longo dos anos exerceu funções de ator, performer, produtor, roteirista e conteudista para diversos formatos.

Em 2020, em plena pandemia, após um hiato de alguns anos, retoma sua pesquisa e jornada artística com intuito de explorar diálogos poéticos e, também, o hibridismo entre as linguagens do audiovisual, da fotografia, da performance e do teatro. Os filmes frutos dessas narrativas estão sendo e exibidos desde setembro de 2021, em comemoração do Dia Nacional do Teatro, no Canal do PERFORMER LAB (YouTube e Instagram).

SERVIÇO

Visagem – Projeto Performer Lab

Onde assistir: Youtube. No dia 14/11, a partir das 20h, os vídeos serão disponibilizados na seguinte ordem:

Rastros, memórias e processo criativo

A Moça Caetana – A Morte Sertaneja

A Morte – O Sol do Terrível

Classificação: Livre/ Acesso Gratuito

Conheça também os perfis de Instagram:

@performerlab / @ogustavoaraujo

Related posts
Teatro

Espetáculo "Casais Felizes Emagrecem Juntos" entra em suas últimas semanas

Especial

Próxima edição do Casamento Comunitário corre em abril

EspecialTeatro

Daniel Calvet chega ao DF com Performance e Dança

Especial

Feira Livre do Riacho Fundo II recebe show de forró