Cinema

Ela Disse, inspirado no artigo que impulsionou o movimento #MeToo, estreia nos cinemas brasileiros

Ela Disse, novo longa da Universal Pictures, baseado na matéria investigativa do jornal The New York Times, vencedora do Prêmio Pulitzer, que impulsionou o surgimento do movimento #MeToo, estreia hoje, 8 de dezembro, nos cinemas brasileiros.

No longa, Carey Mulligan e Zoe Kazan interpretam as repórteres Megan Twohey e Jodi Kantor, que juntas publicaram a matéria mais importante de suas vidas e impactaram uma geração na luta contra o assédio. As jornalistas escreveram a história que quebrou décadas de silêncio sobre o tema do abuso sexual em Hollywood, transformando a cultura norte-americana para sempre.

Ela Disse é baseado no livro best-seller do New York Times, “Ela Disse: Os Bastidores da Reportagem que Impulsionou o #MeToo”, escrito por Megan Twohey e Jodi Kantor. O filme é dirigido pela vencedora do Emmy, Maria Schrader, a partir do roteiro escrito pela vencedora do Oscar Rebecca Lenkiewicz e ainda conta com produção dos vencedores do Oscar Brad Pitt, Dede Gardner e Jeremy Kleiner.

Sobre o filme

A atriz Carey Mulligan (Bela Vingança, Educação) e Zoe Kazan (a série The Plot Against America, Doentes de Amor) estrelam Ela Disse no papel das repórteres do jornal “New York Times”, Megan Twohey e Jodi Kantor, que juntas publicaram uma das matérias mais importantes de toda uma geração: a história que ajudou a lançar o movimento #Metoo, quebrou décadas de silêncio sobre o tema do abuso sexual em Hollywood e transformou a cultura norte-americana para sempre.

Dos produtores de 12 Anos de Escravidão, Moonlight: Sob a Luz do Luar, Minari: Em Busca da Felicidade, Selma: Uma Luta pela Igualdade e A Grande Aposta, vencedores do Oscar, e do produtor de A Hora Mais Escura e Trapaça, indicado ao Oscar, Ela Disse é baseado no livro best-seller do “New York Times”, “Ela Disse: Os Bastidores da Reportagem que Impulsionou o #MeToo”, escrito por Megan Twohey e Jodi Kantor. 

Ela Disse foi dirigido pela vencedora do Emmy, Maria Schrader (minissérie Nada Ortodoxa), a partir do roteiro escrito por Rebecca Lenkiewicz (Ida), vencedora do Oscar.

O filme foi produzido pelos vencedores do Oscar, Brad Pitt, Dede Gardner e Jeremy Kleiner, da Plan B Entertainment, em parceria com Megan Ellison, indicada ao Oscar, e Sue Naegle, da Annapurna Pictures.

Related posts
Cinema

Festival Recanto do Cinema apresenta curtas e lançamento de livro

CinemaGratuito

Festival Curta Brasília começa nesta quinta-feira (1) com filmes inéditos em realidade virtual

Cinema

Em Brasília, CCBB promove 9ª edição do Festival Cinema e Transcendência

CausasCinemaGratuito

Documentário sobre movimento LGBTQIA+ na ditadura estreia no Cine Brasília