AcompanhamosCinema

“Filho da Mãe”, que estreia no Prime Vídeo, mostra que Paulo Gustavo jamais foi. Ele é.

Nesta sexta-feira (16), chega ao catálogo do Amazon Prime Video o documentário Filho da Mãe. Como gancho os bastidores do último espetáculo homônimo estrelado por Paulo Gustavo, ao lado de sua mãe, Déa Lúcia, o projeto vai muito além. Diverte e emociona (e como).

Filho da Mãe começa de repente, morno, mas logo ganha ritmo. É muito mais que um making of. Também não é possível limitar a uma homenagem a Paulo Gustavo, que morreu em maio do ano passado, em decorrência das complicações causadas pelo coronavírus. 

Costurando cenas do espetáculo e imagens dos bastidores, Filho da Mãe arranca gargalhadas do público com o melhor estilo Paulo Gustavo. Mais que isso, mostra porque o criador de Dona Hermínia é considerado um dos maiores nomes da história do humor nacional dos últimos anos. 

É breve, mas Filho da Mãe passeia pela trajetória do comediante desde a infância até seu último ato no palco. 

O documentário mostra que Paulo Gustavo ia além do artista. Era Paulo Gustavo em cena e era Paulo Gustavo na vida. Ele levava sua vida ao palco e levava o palco para sua vida. Não somente era Paulo Gustavo na vida, mas transformava a vida de todos ao seu redor em Paulo Gustavo. Fazia isso com leveza, de forma despretensiosa. 

Mais à frente, ao ganhar espaço depoimentos de familiares, amigos e colegas pós-partida, o projeto pega o público pela emoção. Na sessão de pré-estreia na qual o ABrasília.com marcou presença, após a sala de cinema ser invadida por consecutivas gargalhadas, o silêncio tomou conta do lugar. Na sequência, o que se ouvia era as tentativas de conter as secreções no nariz provocadas pós-choro, impossível de ser contido. 

Filho da Mãe mostra que Paulo Gustavo jamais foi. Ele é.

Por Daniel Neblina

Related posts
Cinema

Com Robert Pattinson, Mickey 17 ganha data de estreia nos cinemas

Cinema

Ela Disse, inspirado no artigo que impulsionou o movimento #MeToo, estreia nos cinemas brasileiros

Cinema

Festival Recanto do Cinema apresenta curtas e lançamento de livro

CinemaGratuito

Festival Curta Brasília começa nesta quinta-feira (1) com filmes inéditos em realidade virtual