Cinema

Festival Taguatinga de Cinema acontece no mês de setembro

Setembro vai ter muito cinema e uma rica programação cultural durante o 16º Festival Taguatinga de Cinema. Mais de 400 curtas-metragens de todas as regiões do Brasil se inscreveram nas categorias de animação, documentário, experimental, ficção e infantil. Agora, 24 filmes participam da Mostra Competitiva 2022. Um curta foi o mais escolhido pelo público na mostra online e os outros 23 selecionados pela curadoria oficial. De 7 a 10 de setembro, o Sesc Taguatinga vai receber uma série de sessões especiais, que revelarão a produção audiovisual brasileira nos tempos de confinamento. Os filmes da mostra competitiva concorrerão à premiação nas categorias Júri Oficial e Júri Popular durante as sessões. Entrada solidária mediante doação de 1kg de alimento.

A programação inclui ainda Mostra Paralela, Mostra Infantil e Mostra Azul, que é uma sessão adaptada dedicada a portadores de TEA (Transtorno do Espectro Autista). Outro destaque é a exibição de curtas-metragens do Festival Cine Expressão.

Shows musicais e festas também estão programados, assim como uma feira que acontecerá na área externa do Sesc Taguatinga durante todo o evento. O público também poderá participar de debates e participar de quatro oficinas gratuitas. O ator e diretor Humberto Pedrancini é o homenageado da 16ª edição do Festival Taguatinga de Cinema. O projeto é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC/DF). A programação completa e mais informações estão disponíveis no site oficial do evento: https://festivaltaguatinga.com.br.

Mostras

Doze filmes de curta-metragem compõem a Mostra Paralela 2022. A seleção foi realizada pela curadoria oficial e dedicada aos estudantes do Ensino Médio, com sessões escolas, também abertas ao público geral, seguidas de rodas de conversas. As sessões acontecem na quinta e sexta-feira, sempre às 15h.

Cinco filmes infantis de curta-metragem participam da Mostra Infantil de 2022, dedicada a crianças do Ensino Infantil, com sessões-escola também abertas para o público em geral. Quinta e sexta-feira, às 10h, no teatro Paulo Autran, no Sesc Taguatinga.

No sábado, a partir das 15h, a Mostra Azul exibirá uma série de curtas-metragens. É uma programação dedicada a portadores de TEA (Transtorno do Espectro Autista). A sessão é adaptada, com condições de luz e som adequadas ao público, além de oferecer monitores qualificados para atender às famílias.

Em parceria com o Festival Cine Expressão serão exibidas no sábado, às 17h, seis obras produzidas no âmbito do projeto realizado pela Rede Urbana de Ações Socioculturais (R.U.A.S). O projeto, que é voltado para o cinema periférico em Ceilândia, buscou inserir os jovens da cidade de Ceilândia no mercado audiovisual e busca apresentar o audiovisual como uma ferramenta de emancipação social.

Atrações culturais

Festas, shows e feiras vão complementar a programação do evento, sempre a partir das 20h. Na quarta-feira, dia 7, o Festival Taguatinga de Cinema terá dois shows no Sesc Taguatinga. O primeiro será com a banda Toque Especial, seguido da Capivara Brass Band. No dia seguinte, é a vez da Festa Cinética. A festa-show será com o DJ VJ MC Gerson Deveras, idealizador e produtor do projeto Taguatinga tem Concerto. Na sexta-feira, será a festa  Aquilomball. A Casa de Onijá fará um baile de performances ballroom que celebrará vidas LGBTQIAP+. Para fechar a programação de 2022, o Festival Taguatinga de Cinema promove, no sábado, uma festa com  musicalidade e animação bem brasileira da Chinelo de Couro. A banda brasiliense tem um repertório que varia entre forró, coco, ciranda, maracatu, entre outros ritmos brasileiros.

Durante todo o festival, a área externa do Sesc Taguatinga abrirá espaço para a gastronomia e produtos locais para o público, com a presença do coletivo Em Poder Delas, que fomenta o empreendedorismo feminino da periferia local. A feira funcionará das 18h à 0h.

Oficinas e debates

Quatro oficinas gratuitas serão realizadas  no no Hotel Go Inn – Taguatinga Centro durante Festival Taguatinga de Cinema. Nos dias 8 e 9 de setembro, das 10h às 13h, a Oficina de Elaboração de projetos para PCD é voltada para pessoas com deficiência que elaborem ou que desejem elaboram seus próprios projetos.  Durante o curso, os participantes desenvolverão a habilidade para compreender e elaborar um projeto cultural (FAC-DF), documentação necessária (portfólio) e elementos como plano de divulgação, cronograma e planilha orçamentária. A oficina, ministrada por Karita Pascollato, terá tradução em libras.

Também nos dias 8 e 9, das 15h às 18h, Carol Leão e Keilla Salvador vão ministrar aOficina Introdução a Produção Executiva, indicada pararealizadores iniciantes, estudantes e demais interessados em desenvolver suas habilidades na área de produção executiva e produção cultural. Serão apresentados conceitos básicos e um panorama geral sobre o tema.

Já Ricardo Palito ficará a cargo da Oficina de Video Clip, nos dias 8 e 9 Setembro, das 15h às 18h. Ele  fará uma breve história de sua carreira mostrando os trabalhos realizados com abordagem sobre como clipe musical virou principal instrumento de comercialização e divulgação das músicas.

Já no dia 10 de setembro, das 14h às 18h, Karina Canedo e Valdir Canado farão a oficina Futuro de Cinema, que é destinada a realizadores, estudantes e demais interessados em desenvolver projetos inovadores em audiovisual. Será um workshop que utiliza a lente do design para dialogar sobre sinais emergentes, imaginar possibilidades e prototipar artefatos de futuro voltado para o audiovisual.

A programação ainda inclui debates dos filmes exibidos e sobre equipamentos públicos de cultura do DF. Nesse encontro, serão discutidos modelos de gestão para equipamentos culturais com trocas de experiências entre OSCs e outras instituições no intuito de construir uma proposta de gestão eficiente para outros equipamentos.

Homenageado

Humberto Pedrancini foi o escolhido para ser homenageado do Festival Taguatinga de Cinema deste ano. Ator, diretor teatral e arte educador com mais de 40 anos de experiência, ele também foi agraciado com os títulos de Comendador da Ordem  do Mérito Cultural de Brasília e Cidadão Honorário de Brasília”. Em sua trajetória artística, montou espetáculos antológicos, como “Pedro Malazartes”, “A Cidade Que Não Tinha Rei”, “Capital da Esperança” e “Moby Dick”; atuando, também, como professor em diversas oficinas e na  Faculdade Dulcina de Moraes. Foi um dos fundadores de dois grupos teatrais bastante atuantes no DF. O Celeiro das Antas e O Hierofante Companhia de Teatro.  Em 2019,  foi premiado como melhor ator no VI FBIC – Festival Brasil de Cinema Itinerante – Limeira – SP, por sua participação no curta-metragem “ASRA”, dirigido por Caio Cortonesi.

SERVIÇO

16º Festival Taguatinga de Cinema

De 7 a 10 de setembro, no Sesc Taguatinga

Entrada solidária mediante doação de 1kg de alimento

Informações: https://festivaltaguatinga.com.br/

Classificação indicativa livre

Related posts
Cinema

Filme "A Noite do Triunfo" estreia no Liberty Mall

Cinema

Teatro SESC Paulo Gracindo exibe o filme "Descaminhos"

Cinema

Conheça a programação de abril do Cineclube Raimunda

Cinema

Fimes Nacionais e Locais marcam presença em Cineclube de Planaltina