Especial

Advogado alerta sobre preços abusivos em itens importantes para população

Álcool gel 70% e máscaras faciais descartáveis acabaram sumindo de prateleiras de supermercados e farmácias nos últimos dias por serem itens indispensáveis na prevenção a Covid-19. Quando encontrados, em muitos...

Álcool em gel. (Reprodução/internet)

Álcool gel 70% e máscaras faciais descartáveis acabaram sumindo de prateleiras de supermercados e farmácias nos últimos dias por serem itens indispensáveis na prevenção a Covid-19. Quando encontrados, em muitos casos, são vendidos por preços bem mais altos em comparação ao período anterior ao do Coronavírus. O advogado Rodrigo Veiga descreve que, está sendo comum a comercialização de produtos como álcool em gel, máscara e até itens de alimentação com preços maiores que o comum. O Código de Defesa do Consumidor, em seu Artigo 39, Inciso X, aponta como ilegal o aumento desproporcional de preços de bens ou serviços que se enquadram como essenciais para a população, sobretudo em momentos de crise.

Para ele, o consumidor deve denunciar os estabelecimentos, através de fotos e vídeos das ofertas atuais e assim será possível abrir denúncia junto ao Procon. “o aumento abusivo de preço, se constatado, é crime contra a ordem econômica e sujeita o infrator ao pagamento de multa”, completa Veiga.

Mais Notícias
Especial

Brasília recebe treinamento imersivo de vendas com André Nunes

Especial

Ex-Casseta Maria Paula estreia programa sobre empreendedorismo

EspecialGratuito

Colégio Objetivo promove feira com o "Mundo em Transformação"

Especial

Complexo Cultural do Choro oferece programação diversa para toda família