Causas

Você já ouviu falar da Covaxin? A vacina deve chegar ao Brasil entre este mês e o mês de maio

Você sabia que há mais uma vacina prestes a chegar ao Brasil? A nova aquisição do Ministério da Saúde é a Covaxin, vacina indiana, que deve chegar ainda este mês....

Você sabia que há mais uma vacina prestes a chegar ao Brasil? A nova aquisição do Ministério da Saúde é a Covaxin, vacina indiana, que deve chegar ainda este mês. Na última quinta-feira, 25 de fevereiro, a entidade informou que assinou o contrato para a aquisição de 20 milhões de doses do imunizante junto à Precisa Medicamentos/Bharat Biotech. Mas, você sabe o que isso quer dizer, na prática?

Com o contrato assinado, a etapa agora para a utilização da COVAXIN é a autorização de uso definitivo ou emergencial para utilização do imunizante no país. Para isso, ela deve ser aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA. A Precisa Medicamentos, que tem uma parceria com a Bharat Biotech, explica que já entrou com pedido para testar a 3ª fase da vacina no Brasil em um estudo complementar. Enquanto isso a Anvisa está vistoriando a fábrica da Bharat Biotech na India durante essa semana, verificando todas as questões de boas práticas.

O imunizante traz esperança para a população, já que alguns municípios e estados ainda não ampliaram a faixa etária vacinal.

Eficácia
O governo brasileiro deve receber 20 milhões de doses da Covaxin, que, de acordo com os estudos interinos, tem eficácia de 81% e funciona contra a variante do Reino Unido. Conforme o levantamento de fase 3, da Bharat Biotech, a Covaxin é uma vacina estável a 2-8ºc e é enviada pronta para a aplicação. “O BBV152 tem uma política de frasco aberto de 28 dias como uma característica única do produto, reduzindo assim o desperdício de vacina em aproximadamente 10-30 por cento”, afirmou a empresa ao Portal Business Today.

O estudo de Fase 3 envolveu 25.800 participantes de 18 a 98 anos de idade, desse total, 2.433 idosos, com mais de 60 anos e 4.500 com alguma comorbidade. “A análise do National Institute of Virology indica que os anticorpos induzidos pela vacina podem neutralizar as cepas variantes do Reino Unido e outras cepas heterólogas, que foi publicado no bioRxiv”, acrescentou a Bharat Biotech.
“A Bharat Biotech espera compartilhar mais detalhes dos resultados do ensaio à medida que dados adicionais se tornem disponíveis. Uma análise provisória adicional está planejada para 87 casos, e a análise final está planejada para 130 casos. Todos os dados da segunda análise provisória e final serão compartilhados por meio de servidores de pré-publicação, bem como submetido a um periódico revisado por pares para publicação “, disse a empresa.

Mais Notícias
CausasGratuito

Colégio Objetivo DF oferece bolsas de estudo para 2024 com inscrições gratuitas

Causas

CEUB oferece acompanhamento psicológico de baixo custo à comunidade

CausasGastronomia

Starbucks resgata o Pride Frappuccino em apoio ao mês do orgulho LGBTQIAP+

Causas

Brasil Center Shopping oferece feira de adoção de animais neste sábado (10)