Teatro

Projeto Luz, Câmera, Ação ocupa escolas públicas do DF

Luz, câmera e ação! Com um celular na mão e uma boa ideia na cabeça é possível atualmente produzir filmes de qualidade. E a oportunidade de entrar no set e rodar uma produção vai se estender agora para as escolas públicas e para os estudantes das regiões administrativas do Guará e de Taguatinga. Pelas escolas serão realizadas quatro oficinas voltadas para a área audiovisual com os diretores Tiago Esmeraldo, Fáuston da Silva, Tiago Belotti e Rodrigo Huagha.

Projeto criado pela consultora em cultura Valéria Marcondes, o Luz, Câmera, Ação irá promover uma ação social e cultural no CEM EIT (QNB 01 Ae 1) de Taguatinga Norte; no CEE 1 de Taguatinga Norte (AE 12); no CEM 1 GG do Guará I (QE 7 Ae M), e na Escola Técnica do Guará II (CEPAG – EQ 17/19 Lote A).

Todos os estudantes matriculados no Ensino Nédio público das duas regiões poderão participar de graça dos cursos. As inscrições também são gratuitas e podem ser feitas até o dia 24 de abril pelo e-mail: [email protected].

No total, serão 12 encontros e 48 horas/aula. Nas oficinas, os alunos serão convidados e estimulados a produzir curtas-metragens com o uso de smartphones e participarão ainda de um concurso cultural. A escola que tiver o filme vencedor será premiada com uma câmera filmadora semiprofissional e com um desktop.
“O intuito é que as escolas abram oportunidades para os adolescentes que estão prestes a entrar na área profissional. E a área de audiovisual está em ascensão. Queremos que os alunos produzam e entendam todo o processo do cinemam, desde a roteirização, o figurino, a filmagem, a edição, a produção. O projeto irá também para uma escola que atende alunos especiais em Taguatinga (CEE 1)”, pontua a idealizadora Valéria Marcondes.

As aulas serão ministradas entre 29 de abril e 7 de junho. No dia 26 de junho, haverá um evento de exibição dos filmes e entrega dos prêmios na Escola Técnica do Guará II.

“Queremos que a arte chegue nesses alunos. Criei o projeto Vamos ao Cinema, em 2009, e conseguimos levar mais de 6 mil estudantes para o cinema de graça em três anos.  Percebi que faltava levar oficinas para as escolas públicas para estes estudantes também produzirem”, conta Marcondes, empolgada.
O projeto Luz, Câmera, Ação tem o patrocínio da Secretaria de Cultura do Distrito Federal por meio do FAC- Fundo de Apoio à Cultura.

Related posts
Teatro

Espetáculo "Casais Felizes Emagrecem Juntos" entra em suas últimas semanas

EspecialTeatro

Daniel Calvet chega ao DF com Performance e Dança

GratuitoTeatro

Conic recebe espetáculo gratuito Um Teto Todo Seu, comédia feminista

EspecialTeatro

Cutucart estreia seu novo espetáculo em abril: Vladimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.