Causas

Projeto Ciranda da Vida promove bem-estar de idosos

Recordar é viver, e, para a população mais idosa, pode significar também o resgate da sua conexão com a sociedade, com seus entes queridos e sua própria história. É essa a iniciativa que move o Projeto Ciranda da Vida, realizado nas regiões administrativas de Sobradinho e Planaltina durante o mês de fevereiro.

O projeto consiste em reunir turmas de até 30 participantes a partir de 65 anos para dois blocos de atividades. As oficinas tem como finalidade agregar valores culturais, sociais, emocionais, possibilitando a autonomia, a qualidade de vida dos idosos.

No primeiro bloco, o condutor da oficina é um conjunto de atividades lúdicas, de dança e de histórias, onde os resgatam suas experiências e suas identidades durante a oficina. A responsável por ministrar a vivência é a professora de Educação Artística e contadora de histórias Ana Regina Nery.

No segundo bloco, os participantes trabalham suas emoções materializando por meio das cores e da arte-terapia, A vivência encerra com a construção da grande ciranda, levando os participantes a dançar a ciranda e celebrar a vida, finalizando com a Terapia do Abraço. O instrutor responsável por essa vivência é o terapeuta ocupacional Marcos Terra, especialista em Inteligência Emocional e cultura popular.

A vivência permite trabalhar a memória dos idosos, as emoções vividas ao longo dos anos e os fatos marcantes na trajetória de cada um. Através da vivência da Ciranda da Vida é possível o fortalecimento de vínculos e o resgate cultural por meio das cantigas e encenações oriundas das culturas populares, como o elo de revitalização e de autoimagem do idoso.

As brincadeiras de roda, as músicas interpretadas, as reclamações e as poesias, além de revitalizar a identidade individual cultura e grupal, possibilita de forma preventiva as doenças de ordem emocionais, gerando um clima de alegria, esperança e bem-estar.

Além do resgate de memórias, é possível por meio da vivência, agregar valores humanos, como a solidariedade, trabalhando de forma integrada e ao mesmo tempo, reforçamos a memória cultural bem como sua importância na sociedade.

As oficinas Ciranda da Vida tem, como finalidade agregar valores culturais, sociais, emocionais, possibilitar a autonomia e a qualidade de vida dos idosos atendidos. Valorizando as potencialidades e adversidades, com informação e linguagem adequadas, reconhecendo a sua totalidade, inserindo-o no contexto social ao qual pertencem, garantindo o direito e a humanização dessa parcela da sociedade.

Projeto Ciranda da Vida

Planaltina – Local: (COSE) – Centro de Orientação Socioeducativa

07 e 08 de fevereiro – 14hs

End: Área Especial H Lote 11, Setor Educacional, Planaltina DF. Ao lado do HRP – Hospital Regional de Planaltina

Sobradinho II – Local: Salão da Capela São Bento.

12 e 14 de fevereiro – 10hs

End: AR13 Conj 15 Lote 01 Sobradinho II – Salão da Capela São Bento.

Sobradinho I – Local: Centro Olímpico e Paralímpico (COP)

Dia 19 de fevereiro as 16h e 20 de fevereiro as 9h.

End: Qd 02 Área Especial de 01 a 05. Sobradinho I. Ao lado do Ginásio de Esportes.

Entrada franca

Related posts
CausasCinemaGratuito

Documentário sobre movimento LGBTQIA+ na ditadura estreia no Cine Brasília

Causas

Novembro Azul: homens vão seis vezes a menos ao médico do que as mulheres

Causas

Brasil Center Shopping promove feira de adoção pet neste sábado

Causas

Escritora brasiliense doa livros para voluntárias da rede feminina de combate ao câncer no DF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *