EspecialGratuito

Mostra “Extrasensorial Alegria”, de Maldonado Díaz, ficará em cartaz até o final de janeiro

Cores vibrantes, pontilhismo e multiformas são algumas características que compõem as expressões artísticas escolhidas por Rámon Maldonado Díaz para desenvolver seus trabalhos nos últimos 49 anos. Premiado internacionalmente, o artista plástico venezuelano desembarca na Infinu, comunidade criativa presente na W3 Sul, com a exposição Extrasensorial Alegria. A mostra inaugura a Galeria Vertical, novo espaço da casa dedicado às belas artes. A abertura da exposição acontecerá a céu aberto, na Praça das Avós, área externa da comunidade, a partir das 16 horas. 

Entre esculturas e telas – algumas com metros de diâmetro -, o multiartista conduz o público por um passeio pela arte Naif Tropical Contemporânea. Com 30 obras instaladas na galeria, a produção de Maldonado é veloz e inspirada nas suas andanças pelo mundo. Os trabalhos do artista estão presentes em mais de 100 países, além de integrarem o acervo fixo do Palácio do Planalto. Premiado em Roma, Espanha, Venezuela e Brasil, duas telas do mestre homenageiam Brasília, são elas: “Brasília de todos os tempos” e  “Arraial da Esplanada”, ambas criadas em comemoração aos 60 anos da capital. 

Para o espaço, o artista plástico preparou uma áudio descrição que proporcionará aos visitantes um passeio interativo e multissensorial, o que torna a experiência ainda mais inclusiva e diversa. Os milhares de elementos utilizados por ele nas obras levam o espectador a percorrer o mundo, identificando similaridades entre as mais diversas partes do planeta. “É aqui que o “parecido igualzinho” brinca com a imaginação e leva qualquer pessoa de um boi-bumbá do Maranhão à Brasília, sob um olhar alegre e cheio de cor, com componentes cromoterapêuticos”, explica Maldonado. 

Com requintes de sabor e alegria, a Comedoria Sazonal preparou opções especiais para a vernissage que vão desde a deliciosa arepa de queijo ou queijo com guacamole, até limonadas de  coco e água panela – limão com rapadura. A Seleve, marca de panificação inclusiva que desenvolve produtos glúten free e lácteos free fará uma degustação de quitutes saudáveis no espaço. E para criar ainda mais conexões com a Venezuela, a música ficará por conta do Projeto Guaramo – Arte do Mundo, com músicas instrumentais e cantadas 

Sobre o artista 

Nascido na Villa de Todos los Santos, na Venezuela, iniciou sua investigação sobre Cultura há 47 anos. É jornalista, graduado pela Universidade Federal de Goiás, e em 1985 entrou para o mercado de arte em Brasília pelos salões de artes e leilões. Recebeu prêmios em Roma, Venezuela e Brasil. Suas obras estão em mais de cem países por ter participado do protocolo diplomático com presentes para as representações estrangeiras em três cúpulas de Estados. 

Sobre a arte naif

A arte naif (também chamada de primitivista) é um estilo por meio do qual o artista não se preocupa com a técnica, escapando de qualquer preocupação técnica, tais como noções de perspectiva e proporcionalidade.A arte naif se desenvolveu na Europa do século XIX quanto artistas eram chamados de naifs (naif em francês quer dizer ingênuo) pelos colegas de vanguarda, porque não se dedicavam à pintura como atividade principal.

Tudo junto e ao mesmo tempo: Feira de Plantas FRES.COR

Entre as inspirações de Maldonado, nota-se que as plantas recebem destaque especial. Costurando os temas, durante o fim de semana de inauguração da exposição Naif – palavra francesa que significa arte ingênua – acontece também a Feira FRES.COR, das 16h às 21h, com nove expositores de plantas ornamentais e “arte verde” do Distrito Federal. Entre os produtos expostos estarão chás, plantas, macramês e vestuário com tingimento natural feito com folha de plantas. O expositores serão: @jardim.maytrea @verdeconcretobsb @arvore_sagrada @plantaencanto @arranjese @solariumtecendoarte @nosdeamoraeco @kactuska @me.planta @lejardin_terrarios

Serviço 

Exposição Extrasensorial Alegria de Maldonado Díaz + Feira FRES.COR

LOCAL: Infinu  –  W3 Sul, 506, Bloco A, loja 67 – Entrada pela praça

DIA: de terça a domingo das 10h às 22h 

Vernissage de abertura: 16h às 20h, quinta-feira (10)

Feira Fres.Cor:  sexta-feira (11 ), das 16h às 21h, Sábado(12) e domingo (13),das 10h às 19h

ENTRADA: Gratuita

CLASSIFICAÇÃO:  LIVRE

CONTATO e INFORMAÇÕES: (61) 98292-8194 /@infinubsb

Related posts
Especial

Próxima edição do Casamento Comunitário corre em abril

CausasGratuito

Projeto oferece oficinas de moda para mulheres

EspecialTeatro

Daniel Calvet chega ao DF com Performance e Dança

Especial

Feira Livre do Riacho Fundo II recebe show de forró