Cinema

Festival Curta Brasília traz experiências inéditas em realidade virtual

A oitava edição do Festival Curta Brasília, que será realizada no Cine Brasília (106/107 Sul), entre os dias 12 e 15 de dezembro, vai muito além dos curtas-metragens. O evento se...

A oitava edição do Festival Curta Brasília, que será realizada no Cine Brasília (106/107 Sul), entre os dias 12 e 15 de dezembro, vai muito além dos curtas-metragens. O evento se consolida como uma referência em novas tecnologias e narrativas, trazendo conteúdos de realidade virtual produzidos em coprodução com outros países e experiências interativas de mais de seis países.

No intuito de contribuir com a temática urgente da natureza e mudanças climáticas, o Festival conta com filmes que destacam questões ambientais, ações possíveis no cotidiano para uma melhor qualidade de vida em nível local, nacional e global.

A Amazônia, por exemplo, está presente em 3 filmes: Heróis do Rio Madeira, filme interativo feito por diretores brasilienses da Caixote VR; Awavena, filme que conta a história da primeira líder indígena do povo Yawanawá do Acre; Ayahuasca, premiado filme que fala da medicina sagrada de povos indígenas, no caso tendo um xamã do Peru como guia da experiência imersiva.

A produção brasiliense terá destaque com a experiência transmídia Terra dos Ekitumans – com cenografia imersiva exclusiva e ampliada para o Festival, contando com realidade aumentada, games, quadrinhos e narrativas transmídia.

O cerrado continua sendo inspiração em produções do DF, em parceria com o projeto BCDesign, que visita virtualmente uma casa construída segundo preceitos da permacultura e da bioconstrução, e nas imagens impactantes e exuberantes de Cerrado Virtual, que apresenta fotografias em 360º feitas na região.

Sonhares, outra produção do DF é uma animação interativa que conta com elementos da natureza, como fogo, terra, ar e água integrando-se às paisagens corriqueiras da cidade e das construções.

Brasília está presente como cenário cinematográfico, personagem, paisagem e inspiração para filmes e artistas de várias partes do mundo. Como resultado do Atelier de Realidade Virtual, realizado em parceria com o Institut FrançaisNovembre Numérique, Embaixada da França e a empresa francesa Hervé, serão apresentados três curtas-metragens que falam sobre ciclos e conexões entre pessoas, espaços e arquitetura. A atividade contou, ainda, com o apoio do IESB, escola de línguas Lang’Art, Investe Tur, Sebrae, Secretaria de Turismo do DF e Ministério do Turismo.

Sobre a questão do oceano, tema urgente em nível global, temos duas experiências inéditas: ABROLHOS360, da Bahia, e Sea Level Rise Explorer: Turner Station, da Califórnia/EUA. Enquanto ABROLHOS360 traz uma experiência debaixo d’água, na experiência Sea Level Rise Explorer, os usuários interagem com modelos 3D e podem elevar o nível do mar para observar possíveis inundações em tempo real.

Ainda sobre a questão da água e das relações entre seres humanos e natureza, será exibido o curta-metragem produzido durante o segundo laboratório de cocriação Brasil-Holanda, com o tema Políticas da Natureza. Realizado em parceria com a Embaixada dos Países Baixos, o curta tem cenas gravadas nos dois países com o tema: água.

A partir do mote do Festival Curta Brasília, que relaciona empatia, conexões, ciclos, tanto da natureza quanto da humanidade, temos a participação especial do curta interativo de Ricardo Laganaro A linha, vencedor no Festival de Veneza, que acompanha a rotina dos personagens Rosa e Pedro.

O que é XR

XR: termo vindo do inglês Extended Reality, realidade estendida se refere a experiências mediadas por tecnologia que combinam realidades virtuais e o mundo real. O XR abrange o hardware, software, métodos e experiências que fazem a realidade virtual, realidade mista, realidade aumentada, realidade cinematográfica e outras.

Fórum XR

Criado para ser um ponto de encontro internacional e para potencializar debates sobre mercado, tecnologias e narrativas em XR, esta edição reflete sobre a interação entre tecnologias XR e a natureza, em diálogo com os filmes exibidos no Espaço XR.

O Fórum aprofundará os debates sobre as narrativas imersivas, como a tecnologia pode servir à natureza, trazendo realizadores e projetos nacionais e internacionais que dão um panorama da questão sob diferentes aspectos. Trazendo a reflexão sobre questões ambientais, o fórum discute tecnologia e narrativas XR, contribuindo para ações de prevenção, mapeamento de possíveis desastres, entre outras – é o caso dos projetos da Califórnia-EUA e de Abrolhos, na Bahia.

O evento contará com a presença de colaboradores brasileiros e internacionais do coletivo Políticas da Natureza (PoN – Politics of nature); empresas de Brasília, como o Tree House Studios e a Caixote Histórias Imersivas; o projeto brasiliense Sonhares, concebido para integrar uma peça teatral interativa; pesquisadores e artistas de projetos como ABROLHOS360 (Bahia); Virtual Planet (California – EUA); integrantes do XRBR – Hub Brasileiro de X-Reality.

Espaço CVRTA XR

Montado na área externa do Cine Brasília, apresenta curtas-metragens nacionais e internacionais e diversas experiências acessíveis ao grande público.

Serviço
8° edição do Festival Curta Brasília

Onde: Cine Brasília (106/107 Sul)
Quando: 12 a 15 de dezembro
Entrada franca

Fórum XR
13 de dezembro, às 16h20

Curta XR
Quando: sessões de 13 a 15 de dezembro, das 17h às 22h
Onde: área externa do Cine Brasília

Para mais informações acesse:

Mais Notícias
Cinema

Mostra Ecofalante de Cinema exibe 37 filmes em Brasília

Cinema

Filme de Glória Teixeira será exibido no domingo no Cine Brasília

Cinema

Festival Taguá de Cinema terá Mostra Competitiva em junho com premiação em dinheiro

Cinema

Mostra de Cinema no Cine Brasília homenageia a cidade do Núcleo Bandeirante