Causas

Exposição Brasília em Linhas chega à Biblioteca Demonstrativa do Brasil – Maria da Conceição Moreira Salles

A exposição “Brasília em Linhas”  chega à  Biblioteca Demonstrativa do Brasil – Maria da Conceição Moreira Salles (506/507 sul). A partir do dia 2 de setembro, o público poderá conferir de perto a coletânea do artista visual Jailson Belfort, composta de 20 obras feitas com canetas esferográficas. Uma verdadeira ode à Capital Federal, retratando seus principais monumentos e ícones. 

Cada arte retrata Brasília por meio de milhares de traços e com a abordagem criativa do artista maranhense.  Belfort evidencia a precisão, a dedicação e a atenção aos detalhes numa técnica única e inovadora com linhas, curvas e texturas variadas, inspiradas pela beleza e simplicidade brasiliense.

“As obras apresentam um ponto turístico retratado em duas tonalidades. A cor viva representa o céu icônico da cidade e suas cores. A neutra, revela detalhes do monumento, num efeito de Gestalt que brinca com os elementos de luz, sombra, figura, fundo e ângulo”, explica o artista.

A exposição “Brasília em Linhas” já esteve nos Espaços Oscar Niemeyer (2020) e Lúcio Costa (2020-2022), e ficará na Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles, até 25 de outubro. A visitação é gratuita, de segunda a sexta, das 8 às 18h, e livre para todos os públicos.

Jailson Belfort

Artista visual, natural de São Luís-MA, começou a desenhar na infância, tendo como referência o apresentador de TV e desenhista Daniel Azulay (1947-2020). Atualmente é diretor de arte em agência de publicidade. Sua trajetória nas artes visuais teve início em 2018, onde já realizou as seguintes exposições: “Caneta Criativa”, no Supremo Tribunal Federal (Brasília, 2018) e “Brasilidades”, na Galeria Bic, no Museu de Arte Moderna (Rio de Janeiro, 2019. Sua maior exposição aconteceu por ocasião dos 60 anos da Capital Federal – “Brasília em Linhas” –, realizada no Espaço Oscar Niemeyer (setembro a dezembro de 2020) e no Espaço Lúcio Costa (dezembro de 2020 a agosto de 2022), ambos na Praça dos Três Poderes, com realização da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF. 

 Usando canetas

Além de trabalhar com artes gráficas e ilustrações em agência de Publicidade o artista   se desafia ao utilizar apenas canetas esferográficas, produzindo um conjunto de telas e desenhos criativos bem elaborados, explorando ao máximo os recursos dessas canetas. Por usar apenas tinta permanente, Belfort ousa e não tem medo de se expressar e se divertir com texturas, sombras e perspectivas. Ao desenhar com caneta, ele “corre riscos”, pois os traços não podem ser apagados, corrigidos ou desfeitos. Um encontro de liberdade criativa e técnica apurada.

Serviço

Exposição Brasília em Linhas

Do artista plástico Jailson Belfort

Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles

Período: 2 de setembro a 25 de outubro de 2022

Visitação de segunda a sexta, das 8h às 18h

EQS 506/507 – Asa Sul  – Brasília/DF

Entrada franca

Livre para todos os públicos

Informações: bdbcultural.com.br 

Related posts
CausasCinemaGratuito

Documentário sobre movimento LGBTQIA+ na ditadura estreia no Cine Brasília

Causas

Novembro Azul: homens vão seis vezes a menos ao médico do que as mulheres

Causas

Brasil Center Shopping promove feira de adoção pet neste sábado

Causas

Escritora brasiliense doa livros para voluntárias da rede feminina de combate ao câncer no DF