Celebridades

Eventos com Naldo e Belo geram aglomerações e são criticados

Eventos promovidos em comunidades do Rio de Janeiro têm gerado críticas nas redes sociais. No último dia 11, o cantor Belo se apresentou em um espaço conhecido como Maracanã do Funk, na Vila do João, dentro do Complexo da Maré, e reuniu 8 mil pessoas.

As críticas se dão por conta da pandemia de coronavírus, já que local não tem a capacidade para esse alto número de pessoas e ninguém tem seguido protocolos de segurança. No mesmo dia, a cinco quilômetros dali, o cantor Naldo Benny se apresentou Baile da Argélia, no Parada Angélica, na favela Nova Holanda.

O cantor Belo foi procurado, mas não se manifestou. Já Naldo disse que graças Deus tem uma vida financeira estável, mas muita gente está passando fome no setor da música, sem dinheiro para pagar luz e aluguel, sem saber quando terá trabalho novamente. Segundo ele, um evento desses gera trabalho para muita gente, desde o músico até o menino que vende bala em frente ao estabelecimento, e portanto, ele é totalmente a favor de retomar tudo.

Related posts
Celebridades

“Eu não escuto meus discos”, diz Fernanda Abreu em entrevista

Celebridades

Paulo Sérgio Valle revela TOC desconhecido de Roberto Carlos

Celebridades

Rafael Brahma conta como foi saída de Anitta da Furacão 2000

Celebridades

Ludmilla lança Back to Be, novo EP que revisita o funk raiz da era MC Beyoncé