Especial

Confira dicas para se manter criativo no ambiente de trabalho

Todo início de ano é a mesma coisa: as pessoas fazem planos, estabelecem metas e criam novos sonhos. No ambiente de trabalho, não poderia ser diferente. E, para lidar com os 365 dias disponíveis, a criatividade é a palavra chave, e engana-se quem pensa que ser criativo não se aprende. Especialistas em inovação e psicologia afirmam que a criatividade pode ser adquirida assim como qualquer outra habilidade. Dentro do mundo corporativo, incentivar a equipe a desenvolver o aspecto criativo e curioso provoca soluções inovadoras para os problemas e desafios relacionados aos processos presentes no dia a dia. Mas como?

Em um estudo recente realizado pela International Business Machines Corporation, chamado “Capitalizing on Complexity”, os grandes CEOs mostram que liderar de forma criativa exige o abandono de crenças antigas e limitantes, trazendo para sua tática de gestão abordagens ainda mais originais ao invés de tradicionalismo. Entre integridade, influência, dedicação e outras soft skills importantes para definir um bom líder, a criatividade foi escolhida por 60% dos entrevistados. 

Mas, engana-se quem pensa que é fácil ser criativo em meio a tantas demandas de trabalho atuais. “É como se estivéssemos dentro de um ringue, e toda hora fôssemos golpeados pelas redes sociais, procrastinação, pela vontade de fazer tudo ao mesmo tempo e não conseguir organizar a prioridade daquele momento”, revela Andressa Furtado, CEO e Founder da Agência Mentha, especializada em diversos eixos da comunicação, como marketing digital e de influência, tráfego pago, assessoria de imprensa, entre outros. 

O psicólogo Fernando Machado, do Hospital Anchieta de Brasília, explica sobre o processo cerebral que ocorre para o surgimento de novos conhecimentos: “nosso cérebro é capaz de conectar neurotransmissores que muitas vezes acontecem decorrentes de novos conhecimentos. Na maioria das vezes, precisamos nos observar, ouvir, tocar, para que as novas tecnologias sejam desenvolvidas”.

Ainda conforme o psicólogo, estimular e provocar maneiras diferentes de se enxergar o mundo faz com que as pessoas possam ter novas formas de solucionar problemas. “Ser curioso, analítico e ter a capacidade de transformar as restrições em oportunidades são essenciais na rotina de um ser criativamente ativo”. 


Confira a seguir outras dicas para se manter criativo no ambiente de trabalho!

5 dicas para se manter criativo, de acordo com a empreendedora Andressa Furtado: 


1. Consuma 
Ouça podcasts, leia livros e siga perfis que abordam temas interessantes, diferente de seu habitual.
 

2. Seja um observador

Treine o seu olhar diariamente para observar o mundo à sua volta. Entender como qualquer lugar que você esteja pode se tornar referência para a criação de algo.


3. Tenha referências

Fotografe, salve posts, converse com pessoas, anote tudo e coloque em uma pasta para ver sempre que estiver querendo criar algo. 


4. Inovação 

A inovação está muito ligada ao que é lançado. Coloque em prática algo diferente do que está sendo feito. 


5. Descanse

Um dos pontos mais importantes desta lista. O ócio criativo, aquele momento em que você não tem a obrigação de entregar algo, é o que geralmente permite que sua mente crie ainda mais. Então dormir bem, assistir filmes, caminhar no parque, se exercitar, deitar numa rede… não fazer nada! É daí que a criatividade vem. 

Related posts
Especial

CCBB Educativo lança PodCast

Especial

Em Brasília, CCBB Educativo tem programação diária para crianças até última semana do ano

Especial

Confira opções de presentes de Natal "diferentões" para fugir do óbvio

Especial

A Pastora do Diabo: jornalista lança livro sobre Flordelis nesta segunda (12) em Brasília