Teatro

Confira a programação da Mostra Itinerante dos 10 anos do Teatro de Açúcar

Em comemoração a uma década de Teatro de Açúcar, três espetáculos serão apresentados no formato de uma mostra itinerante, arquitetada para evidenciar três forças criativas muito presentes nos espetáculos da cia: a interpretação, a música e a dramaturgia – linguagens que se entrelaçam com liberdade, sem querer demarcar fronteiras – a interpretação é trabalhada com a sinuosidade de uma canção; as trilhas sonoras buscam simular o fôlego do intérprete em cena, desaguando em temas poéticos, políticos e filosóficos, através do original estilo dramatúrgico da cia.

A circulação comemorativa já começou. O grupo está em turnê por diferentes estados e pelo DF. O roteiro começou por Caruaru/PE, passando pela grande São Paulo,/SP retornando a Brasília e Samambaia/DF, seguindo para o Rio de Janeiro/RJ e encerrando o ciclo de apresentações em Planaltina/DF.  Confira as temporadas:

PLANO PILOTO

ESPAÇO CULTURAL RENATO RUSSO (508 SUL)

Espetáculo Adaptação: Dias 08, 09 e 10 de novembro/ Sexta e Sábado, às 18h, e Domingo, às 17h.

Espetáculo Naufragé(s): 08, 09 e 10 de novembro/ Sexta e Sábado, às 20h, e Domingo, às 19h .

SAMAMBAIA

ESPAÇO CULTURAL GALPÃO DO RISO  (QR 405 de Samambaia Norte)

Espetáculo Biograficção: Dias: 15, 16 e 17 de novembro/ Sexta e Sábado, às 20h, e Domingo, às 19h.

PLANALTINA

COMPLEXO CULTURAL DE PLANALTINA (Setor Adm, Lote 2)

Espetáculo Adaptação:  Dias 19, 20 e 21 de dezembro/ Sexta, Sábado e Domingo, às 20h.

*Todas as sessões são gratuitas, mediante lotação dos espaços culturais. Conheça agora os espetáculos:

ADAPTAÇÃO

Adaptação conta a história de personagens num momento de adaptação como meio necessário de sobrevivência: Um diretor teatral frustrado, que não consegue sair de uma crise criativa e decide mudar de profissão; Uma atriz recém chegada à cidade grande, que necessita se acostumar à solidão do novo estilo de vida; Uma transsexual que adaptou seu corpo para poder seguir vivendo nele; Um dinossauro que não sabe se sobreviverá às adaptações de sua espécie… Todos estão unidos por um drama em comum: o medo de morrer, se transformar, deixar de existir, como se alguém escrevesse ou adaptasse suas histórias, recriando, agregando e, o mais temível, eliminando personagens.

Texto, Direção e Interpretação: Gabriel F.

Direção Artística e Canção Original: Marco Michelângelo
Desenho de Iluminação: Igor Calonge
Direção Técnica: Rodrigo Lelis
Produção Musical: Rubi
Fotografia: Diego Bresani
Direção de Produção: Lucas Magalhães e Cristhian Cantarino
Produção: Teatro de Açúcar
Co-produção: Cielo Raso

Classificação: 12 anos

NAUFRAGÉ(S)
Naufragé(s) conta a história de um artista que usa a ficção para melhorar sua própria biografia. Por meio de um monólogo, ele decide contar a mais bela história de amor que o mundo jamais conheceu: a que ele mesmo viveu. Usando verdades adulteradas, o ator faz de tudo para que sua fábula de amor possa integrar o hall dos grandes clássicos do gênero. Porém, para amenizar a solidão que supõe um monólogo, ele toma uma decisão que lhe fará perder o domínio de sua própria criação: contrata um garoto de programa que lhe fará companhia durante todo o espetáculo.

Texto de Direção: Gabriel F.

Elenco: Gabriel F e Filipe Lacerda
Direção Artística e Canção Original: Marco Michelângelo
Iluminação: Cristina Bolivar
Direção Técnica: Camilo Soudant e Rodrigo Lelis
Coreografia: Igor Calonge
Fotografia: Diego Bresani
Arte Gráfica: Luisa Malheiros e Gabriel F.
Direção de Produção: Lucas Magalhães e Cristhian Cantarino
Produção: Teatro de Açúcar e La Comédie de Saint-Étienne

Classificação: 16 anos

BIOGRAFICÇÃO

Marco Michelangelo convida o público para um jornada musical por diferentes cenários e situações, onde o próprio intérprete se encharca de memórias, mas já não sabe se elas são fictícias ou biográficas. As canções debulham no palco  personagens de Shakespeare, uma estrela de cinema que não domina o idioma inglês, um vampiro, uma sereia e um cachorro. Biograficção é uma coletânea de crônicas melódicas, cheias de carnavalizações, escracho e poesia, onde qualquer semelhança com a realidade é mero gosto da própria vida com seus inevitáveis sabores temperados na ficção.

Canções Originais e Interpretação: Marco Michelângelo com participação de Gabriel F.

Desenho de Iluminação e Direção Técnica: Rodrigo Lelis

Técnico de Luz e Som: Camilo Soudant

Fotografia: Diego Bresani

Arte Gráfica: Luisa Malheiros e Gabriel F.

Direção de Produção: Lucas Magalhães e Cristhian Cantarino

Produção: Teatro de Açúcar 

Classificação: 16 anos

Related posts
Teatro

Brasília recebe Authentic Flamenco, espetáculo de dança com renomados artistas da Espanha

Teatro

G7 anuncia duas sessões do espetáculo "As Aventuras de Nina e a Cidade Avião" em dezembro

Teatro

Espetáculo sobre Vinicius de Moraes entra em cartaz em Brasília

Teatro

Pela primeira vez, Brasília recebe espetáculo "Circo Zika"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *