Especial

Cia de Comédia G7 e o desafio de fazer rir

Com oito prêmios nacionais e mais de 16 anos de teatro por todo o Brasil, a Cia de Comédia G7 se tornou protagonista do humor brasiliense. O grupo surgiu a partir de um hobby. Frederico e Rodolfo faziam juntos espetáculos no teatro do Marista, na Asa Sul, como forma de diversão.

O time subiu ao palco pela primeira vez em 2001, na época formado por quatro atores. Em 2007, lançou a comédia “Como Passar em Concurso Público”, o primeiro grande sucesso. Hoje, a peça já ultrapassa a marca de 1 milhão de espectadores em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e outras regiões. Foi depois desse sucesso que Felipe Gracindo, Frederico Braga e Rodolfo Cordón se viram totalmente envolvidos com os palcos.

O processo de criação acontece a partir de assuntos relevantes para o grupo.  “Pensamos em um tema que seja importante para nós. Definido, pensamos em um título. Com isso em mãos, começamos o fase de escrita e brainstorm. Escrevemos várias cenas e vamos relacionando e montando a história. Depois vem os ensaios, onde alteramos o texto e refinamos as piadas e, por fim, a estreia”, conta Frederico.

O repertório com, “Manual de Sobrevivência ao Casamento”, “Como Passar em Concurso Público”, “Eu Odeio Meu Chefe”, “Paixão Nacional”, “A Advogada que viu Deus, o Diabo e depois voltou para a terra”, “Minha casa, minha dívida”, entre outras produções que divertem o público.

Oriundos do Distrito Federal, Felipe avalia que o cenário cultural da cidade ainda sofre carências. “Existe público e existe mercado, mas cenário cultural é carente. As pessoas querem sair e se divertir, contudo os grupos precisam se profissionalizar mais e apresentar um produto de melhor qualidade. Não digo o espetáculo em si, mas sim toda a produção, tudo. Ir ao teatro é uma experiência que começa em casa. Estamos constantemente melhorando a prestação do nosso serviço, por isso temos casa cheia o ano todo”.

Em cartaz no Teatro Católica, o grupo já expandiu sua arte para além das peças. Hoje, contam com o DVD do espetáculo “Como Passar em Concurso Público”, livros e um canal no Youtube, onde são publicados vídeo todas as terças, quintas e sextas. Apesar do sucesso nacional, Brasília ainda ocupa um importante espaço em suas vidas. “Aqui é a nossa casa. Aqui é onde está nossa família e amigos. Aqui é onde temos uma casa e nosso público. Brasília é, e será sempre, o nosso lar”.

Related posts
Especial

Próxima edição do Casamento Comunitário corre em abril

EspecialTeatro

Daniel Calvet chega ao DF com Performance e Dança

Especial

Feira Livre do Riacho Fundo II recebe show de forró

Especial

Especialistas da Lei Geral de Proteção de Dados participam da Campus Party Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.