Teatro

Axé Nzinga se despede em última temporada independente na Capital Federal

Em junho deste ano, o espetáculo Axé Nzinga, solo do, o ator e diretor potiguar (RN) Jonas Sales faz sua quarta e a última temporada na Capital Federal. Concebido através de histórias da  rainha angolana Nzinga Mbandi (1581-1663) – a Rainha Ginga, Jonas vai mostrar por meio do teatro e da dança a essência desta personalidade revolucionária. A peça estará em cartaz nos dias 07, 08 e 09 de junho/2019, respectivamente sexta, sábado e domingo, às 20h, no SESC Teatro Garagem – 913 Sul.

Na peça,  Jonas Sales retrata em 50 minutos o feminino, a luta e todo o mito que gira em torno de Ana de Sousa (a rainha Nzinga), uma resistente mulher negra que combateu, a diferença de gêneros e lutou pela não escravatura de seu povo e tornou-se símbolo de combate ao racismo.  

“Nzinga é um mito presente na cultura popular. A rainha sempre me perseguiu em discussões e pesquisas. Os negros escravizados aqui no Brasil acreditavam que ela chegaria para libertá-los. Ela é um mito, uma guerreira. Por isto, resolvi trazer e apresentar um pouco da sua história no Brasil, nós merecemos e precisamos saber sobre ela”, relata Jonas Sales.          

Na pele de Ginga, um dos nomes atribuídos a rainha, o ator/diretor divide a história em quatro momentos: O Feminino Nzinga, A Política Nzinga , A Guerreira Nzinga e O Mito Nzinga.

 A ficha técnica que acompanha o espetáculo é composta por artistas reconhecidos da cena cultural brisiliense, a trilha sonora foi composta exclusivamente para o espetáculo pelo músico Diogo Cerrado. O figurino é assinado por Cyntia Carla. O cenário por Guto Viscardi, falecido em fevereiro de 2018 e a produção executiva é de Janaína Mello.

Axé Nzinga nasce de uma pesquisa que envolve dança, teatro, história e música. “Ao longo da construção da trilha não utilizei apenas referências de Angola, mas de Moçambique, Uganda e da África do Sul. Para entender a figura de Nzinga, é preciso notar a representatividade e a sede de afirmação do povo africano”, destaca Diogo Cerrado.                

Axé Nzinga foi montado com patrocínio do FAC – Fundo de Apoio à Cultura e Secretaria de Cultura do Distrito Federal em 2016 e já circulou pelos estados do Acre e Rio Grande do Norte.  

Sobre o espetáculo

Axé Nzinga é uma proposta artística/cênica de solo, em que o artista revela em seu corpo a “Corponegritude”, resultado da aproximação com as técnicas das expressões populares de matrizes africanas tais como Maracatu, Congos e Maculelê, reverberando no corpo contemporâneo, energias do universo de Nzinga, Rainha africana. Nesta experiência estética/cênica, se provoca o compartilhamento de uma corporeidade conectada com a atualidade, dialogando com os problemas sociopolíticos que permeiam as discussões de negritude, racismo, preconceito e papel da mulher na contemporaneidade. Canaliza-se no corpo do artista em cena o Axé (energia) que se propaga, em movimento, em poesia contida na história da mulher, da guerreira, da política e do mito Rainha Nzinga. Assim, será partilhado com o público os saberes da tradição na contemporaneidade.

O espetáculo anuncia a história e força desta mulher, um dos mais importantes símbolos de resistência da luta contra a escravidão e segregação dos povos negros na África e que se mitifica em solo brasileiro. É um pressuposto essencial na criação de parâmetros de discussões estéticas e sociopolítico-cultural. Propiciar o encontro de sujeitos com a energia da Rainha Ginga é o eixo fundamental desta proposta cênica.

Divide-se em 4 momentos que se interligam com diálogos de mulheres negras que se comunicam com o universo da rainha Nzinga.

Serviço:

 Espetáculo: Axé Nzinga

Datas: 07, 08 e 09 de junho, Sexta, sábado e domingo

Local:  SESC Teatro Garagem-  SESC 913 sul

Horário: Sexta e sábado e Domingo às 20h.

Entrada: R$ 20 (Inteira). R$ 10 (Meia-entrada)

Informações: (61) 98632-1907 (Whatsapp)

Não recomendado para menores de 14 anos. 

Related posts
Teatro

Espetáculo "Sangue no Olho" ganha temporada presencial em Brasília

Teatro

Brasília recebe Authentic Flamenco, espetáculo de dança com renomados artistas da Espanha

Teatro

G7 anuncia duas sessões do espetáculo "As Aventuras de Nina e a Cidade Avião" em dezembro

Teatro

Espetáculo sobre Vinicius de Moraes entra em cartaz em Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *