Especial

Alunos de oficinas artísticas se preparam para Festival no Riacho Fundo I

Desde setembro está acontecendo na cidade o Riacho das Artes, um projeto que oferece oficinas artísticas no IFB do Riacho Fundo I, levando ao público a diversidade da nossa cultura, com música, teatro e...

Desde setembro está acontecendo na cidade o Riacho das Artes, um projeto que oferece oficinas artísticas no IFB do Riacho Fundo I, levando ao público a diversidade da nossa cultura, com música, teatro e dança. Inspirando a expressão, a criatividade e a sensibilidade, o Riacho das Artes resgata o pulsar da cultura brasileira, movimentando corpos, almas e corações. As oficinas oferecidas pelo projeto são: Teatro – O Corpo rítimico, com Dani Neri; Construção e prática de Cajón, com Benjo Benitez; e Percussão e ritmos brasileiros, com Pedro Tupã. A oficinas estão acontecendo desde 17 de setembro e vão até dezembroo, e são gratuitas. Os alunos, no momento, se preparam para o Festival Riacho das Artes, onde mostrarão seus ensinamentos no evento, ao lado de grupos renomados, como o Tambores Urbanos, Grito de Liberdade e The Gust MC’S. O Festival será dia 14 de dezembro, sábado, das 16h às 22h, no Riacho Fundo I, ao lado da Administração Regional.

Sobre as Oficinas

Teatro: o corpo rítimico, com Dani Neri – 
 quartas-feiras – das 14:30 às 17:30  
A metodologia utilizada é uma mistura de exercícios e jogos com o objetivo de libertar a criatividade, aumentar a consciência corporal, vocal e emocional que capacita os alunos para a montagem de uma apresentação ao final do curso. Todas as aulas terão inicio com um alongamento do corpo e aquecimento da voz. O foco do trabalho a ser desenvolvido está no aqui chamado “corpo rítmico”, ligado ao estimulo a criação de movimentos em diferentes frequências
conduzidos por musicas gerando o entendimento de fraseados musicais, subdivisões rítmicas e pulsadas. 

Percussão e ritmos brasileiros, com Pedro Tupã –  terças-feiras – das 14:30 às 17:30 
A oficina tem como proposta o resgate da cultura popular brasileira , a partir de ritmos que tem raízes principalmente no Nordeste, como o baião, maracatu de
baque virado, samba de coco e ciranda. A oficina prevê tambem a prática dos ritmos relacionados a capoeira e a cultura afro-brasileira. Os participantes receberão uma apostila contendo: nomes dos instrumentos, partitura de ritmos, letras das músicas Todas as aulas começarão com aquecimento e alongamento vocal e corporal.
Construção e  prática de Cajón, com Benjo Benitez –  terças-feiras – das 14:30 às 17:30   
Neste curso, os participantes irão aprender a construir e tocar o Cajón, instrumento que surgiu no Peru Colonial, onde os negros africanos separados de seus instrumentos de percussão, utilizaram-se de caixas de madeira para tocarem seus ritmos. Foi uma ferramenta de libertação de suas expressões artísticas em tempos de repressão e escravidão. Pelo seu baixo custo de fabricação e versatilidade sonora é muito utilizado nos dias atuais e cada vez mais disseminado e absorvido por outras culturas do mundo. 

O projeto Riacho das Artes é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Governo do Distrito Federal.

SERVIÇO

Projeto Riacho das Artes – Oficinas Artísticas 
Preparação para o Festival Riacho das ArtesTeatro: o corpo rítimico, com Dani Neri –  quartas-feiras – das 14:30 às 17:30    Percussão e ritmos brasileiros, com Pedro Tupã –  terças-feiras – das 14:30 às 17:30   Construção e  prática de Cajón, com Benjo Benitez –  terças-feiras – das 14:30 às 17:30   

Mais Notícias
Especial

Brasília recebe treinamento imersivo de vendas com André Nunes

Especial

Ex-Casseta Maria Paula estreia programa sobre empreendedorismo

EspecialGratuito

Colégio Objetivo promove feira com o "Mundo em Transformação"

Especial

Complexo Cultural do Choro oferece programação diversa para toda família